Blog

Google Stadia: confira tudo sobre o lançamento

Por Jessica Gonzatto em 26 de novembro de 2019 às 22:02

A Google lançou oficialmente nesta terça-feira (19) o Google Stadia, seu serviço de games via streaming. O Stadia, serviço que requer assinatura, permite que os usuários comprem diversos jogos e os joguem com alta qualidade e usando seu dispositivo preferencial. Ou seja: PC, notebook ou até mesmo smartphone.

Os jogos são processados nos servidores nuvem da Google, sendo transmitidos em tempo real para o dispositivo do jogador.

O serviço é muito interessante, pois possibilita que o usuário jogue com praticamente qualquer configuração desde que tenha uma conexão de internet rápida e estável (e com qualidade recomendada pelo Google Stadia).

Portanto, não existe um console específico do Google Stadia. Ele pode ser executado onde tiver internet – PCs, Smart TVs, tablets, smartphones, notebooks, etc.

Ainda assim, a empresa resolveu lançar controles próprios e o Chromecast, para jogar nas TVs que não sejam smart.

O serviço foi projetado para reduzir o “atrito” dos jogos modernos, trazendo um carregamento super rápido de 5 segundos ou menos. Sabemos que isso nem sempre reflete a realidade, mas a intenção foi ótima.

Podemos esperar um desempenho relativo, pois é uma possibilidade de ocorrer uma necessidade de muitos gigas de dado por hora de jogo. O gráfico abaixo ilustra melhor essa parte complicada do serviço:

O catálogo de games do Stadia conta com jogos queridos por muitos, como Assassin’s Creed Odyssey e Red Dead Redemption 2.

O lançamento do serviço no dia 19 de novembro foi exclusivo a 14 países, com os planos de assinatura Founder’s Edition, Pro e Grátis contendo resoluções e qualidade diferentes.

Quer saber tudo sobre o lançamento do Google Stadia? Acompanhe nosso post!

Detalhes sobre o lançamento e preços do Google Stadia

O serviço Google Stadia foi oficialmente lançado no dia 19 de novembro, com acesso prioritário para quem adquirir o pacote Founder’s Edition por U$129.99.

Os 14 países escolhidos para receberem o Google Stadia em primeiramente foram Bélgica, Itália, Finlândia, Holanda, Canadá, Noruega, Dinamarca, Espanha, França, Suécia, Alemanha, Reino Unido, Irlanda e EUA.

Portanto, o Brasil ainda não está no lote. Não se sabe exatamente quando ele chegará aqui, mas podemos esperar alguma coisa em 2020.

Os planos de uso do Stadia incluem:

  • Stadia Pro: permite jogar games em 4K 60fps, com suporte a HDR e som Surround 5.1. Além disso, o gamer terá acesso a uma biblioteca gratuita de jogos constantemente atualizados, além de descontos na compra de outros games.
  • Plano Grátis: oferece resolução Full HD 60fps e som estéreo, mas sem a biblioteca de jogos.
  • Founder’s Edition: inclui o hardware Chromecast Ultra para streaming em 4K com HDR; comando Night Blue; subscrição de três meses do Stadia Pro; acesso a todo o conteúdo de Destiny 2; descontos e outros atrativos.

A tabela de preços do Google Stadia fica assim:

Modelo base
(disponível em 2020): gratuito
1080p, 60fps e som estéreo.
Stadia Pro: $9.99 por mês4K, 60fps, HDR e som surround 5.1, descontos em compras de jogos, jogos gratuitos (como Destiny 2).
Jogos: variávelComprados separadamente, com alguns descontos dependendo da assinatura.

Jogos no catálogo de lançamento do Google Stadia

A Google investiu bastante no catálogo de games do Stadia após esse ter sido criticado por possuir somente 12 jogos disponíveis no dia do lançamento.

Agora, o serviço contará com 22 jogos no lançamento. Os games, contudo, ficam exclusivos dos assinantes Stadia Pro, que também receberão Destiny 2: The Collection e Samurai Shodown, da SNK.

Confira abaixo, acompanhado dos preços iniciais, os 22 jogos do catálogo do Google Stadia no momento de seu lançamento:

  • Assassin’s Creed Odyssey (US$ 59.99; US$ 30.00 no plano Pro);
  • Destiny 2: The Collection (grátis para assinantes do plano Pro);
  • GYLT (US$ 29.99);
  • Just Dance 2020 (US$ 49.99);
  • Kine;
  • Mortal Kombat 11 (US$ 59.99; US$ 41.99 no plano Pro);
  • Red Dead Redemption 2 (US$ 59.99);
  • Thumper (US$ 19.99);
  • Tomb Raider 2013 (US$ 19.99; US$ 10.00 no plano Pro);
  • Rise of Tomb Raider (US$ 29.99);
  • Shadow of the Tomb Raider: Definitive Edition (US$ 59.99);
  • Samurai Shodown (US$ 59.99; grátis para assinantes do plano Pro);
  • Attack on Titan 2: Final Battle;
  • Farming Simulator 19;
  • Final Fantasy XV (US$ 39.99; US$ 29.99 no plano Pro);
  • Football Manager 2020;
  • Grid (com modo exclusivo);
  • Metro Exodus;
  • NBA 2K20 (US$ 59.99);
  • Rage 2;
  • Trials Rising;
  • Wolfenstein: Youngblood.

Títulos aclamados, como Borderlands 3, Darksiders Genesis e Tom Clancy’s Ghost Recon: Breakpoint, estarão chegando no Stadia ao final de 2019.

Agora é só esperar que o catálogo se replique quando o Stadia chegar no Brasil.

Outras informações sobre o Stadia

Tanto a galera gamer que já testou o streaming como jornalistas do ramo andam chamando a atenção para a latência do Stadia.

Quanto a isso, o vice presidente do Google Phil Harrison diz que esses problemas estão “resolvidos e mitigados” através dos “investimentos nos centros de dados que vão trazer uma experiência muito maior para mais pessoas, e há alguns avanços fundamentais nos algoritmos de compressão“.

Outra informação para ficar sabendo é que a duração da bateria para jogos em smartphones também vai ser drasticamente aumentada. Isso vai facilitar a vida de quem curte jogar por horas.

Outro fator interessante é que o Stadia terá um cross-play completo com outras plataformas, além de modo multiplayer coop com ecrã dividido. Tudo isso sem comprometer nenhuma fidelidade.

Não há previsão de quando o Google Stadia vai estrear no Brasil, mas fique ligado em nosso blog para mais novidades sobre o mundo dos games.

Fique atualizado

Não perca nossas atualizações e novidades!